Receita de picanha assada

Aniversário do marido, aniversário do filho, organização das férias 2016, tentativa (fracassada, by the way…) de organizar o Ano Novo, funcionária doente, preguiça, desanimo, matrícula (e seus 1001 documentos) do filho na nova escola,  algumas compras de Natal (pois é, sou adiantada mesmo!) etc., etc., etc…

São muitas as justificativas para o meu sumiço daqui, mas aqui estou eu de volta e com uma receita de picanha assada IMPERDÍVEL!!!

Essa receita é fantástica por alguns motivos: facílima de fazer, tipo -10 de grau de dificuldade, fica linda na mesa, a carne fica super macia e pra completar o rol de adjetivos positivos, como é de forno, não suja nada na cozinha!!!

Não disse que era imperdível?!?!

Vamos anotar a receita!

1 peça de picanha de até 1,5 kg com a capa de gordura

1 kg de sal grosso

4 claras de ovo

1/2 xícara de chá de farinha de trigo

ervas a gosto – eu usei um mix, mas pode usar o que for da sua preferência

Preaqueça o forno a 220°, temperatura alta. Em uma tigela misture com uma colher as claras, o sal grosso, a farinha e as ervas. Numa assadeira, coloque 1/3 da mistura de sal grosso e espalhe até que fique do tamanho da peça de carne. Coloque a picanha sobre essa camada com a gordura voltada para cima. Cubra a carne com o restante da mistura de sal grosso e pressione para que fique bem firme. Certifique-se de que toda a carne tenha sido envolvida com a mistura. Leve a picanha ao forno, baixe a temperatura para 200° e pronto!

Aqui vai, mais ou menos, o tempo em que a carne deve ficar no forno. Mas lembre-se que isso varia muito de forno para forno e depende também do tamanho da carne!

40 minutos – carne mal passada

1 hora – carne ao ponto

1h20min – carne bem passada

Depois de assada a camada de sal grosso transforma-se em uma placa bem dura e dourada (e linda!). Com a ajuda de uma faca, retire a placa da carne e raspe o excesso de sal.

Transfira a carne para uma tábua e corte em fatias finas. Sugiro colocar a placa de sal de volta ao lado da carne já fatiada em uma bonita travessa!

Olha só como fica lindo…

Picanha ao sal grosso

Tenho certeza de que essa receita vai fazer sucesso na sua casa! E o melhor de tudo, você não vai precisar passar horas na cozinha para impressionar!!!

Essa receita foi tirada do livro, maravilhoso por sinal, Pitadas, da Rita Lobo. Para quem gosta de receitas práticas recomendo fortemente a compra. Já fiz várias receitas e todas foram super aprovadas aqui em casa!

 

Bom final de semana e até o próximo post!

Beijos,

Mari.

 

 

  

 

Compartilhe também:

Sequilhos sem glúten

Sou do tipo que adora ter sempre em casa um bolinho ou biscoitinho caseiro para o lanche da tarde…

Vou alternando receitas para não enjoar e sempre testo coisas novas! O queridinho da vez aqui é esse biscoito do tipo sequilhos.

Além de delicioso, é sem glúten!!! O que já ajuda bastante a não pesar tanto na balança e na consciência, não é verdade?!?

Tenho certeza que vocês vão gostar! Aqui vai a receita:

Ingredientes:

1oo gramas de fubá

100 gramas de açúcar

100 gramas de manteiga sem sal em temperatura ambiente

1 ovo

250 gramas de Maisena

Modo de fazer:

Em um recipiente misture todos os ingrediente, deixando a Maisena por último e colocando aos poucos. Amasse a massa até que ela desgrude das mãos. Em um tabuleiro untado com manteiga, arrume as bolinhas de massa e amasse levemente com um garfo. Asse em forno pré-aquecido a 180 graus por 30 minutos.

Os biscoitos devem sair do forno dourados e ainda macios. Ao esfriar eles ficam crocantes e sequinhos!

Uuuhhhmmmm… Delícia!

Só falta o cafezinho feito na hora pra acompanhar!

Sequilhos

E na casa de vocês, qual biscoitinho caseiro faz mais sucesso?

Deixe nos comentários, vou adorar saber!

  

 

Compartilhe também:

Cheesecake super fácil

Gente, estou suuuper atarefada esses dias!!! Mas por um ótimo motivo!

Em breve vocês saberão o por quê…

A sobremesa da receita de hoje já dá uma pista… #suspense !!!

 

Voltando ao tema do post! Sexta-feira merece uma sobremesa concordam?!?

Nada melhor do que comer um docinho depois de uma semana cheia e corrida!

E quem não gosta de cheesecake? Aqui em casa todos AMAM!!! Cada um com uma cobertura diferente, ou até mesmo sem, mas nada que não possa ser resolvido!

E essa aqui é híper fácil!!! Nível zero de dificuldade, até as crianças, com a supervisão de um adulto, claro, podem fazer!

 

Vamos aos ingredientes:

Massa

. 1 pacote inteiro de biscoito maisena mais 1/4 de outro pacote

. 1 tablete de manteiga sem sal em temperatura ambiente

Recheio

. 1 embalagem de cream cheese

. 1 caixa de leite condensado

. suco de 1/2 linão

Cobertura

A geleia de sua preferência. Dependendo do tamanho da embalagem, você vai precisar de 2 vidros.

Modo de fazer

Triture os biscoitos no liquidificador até virarem uma farinha fina. Em uma tigela, misture a farinha com a manteiga até formar uma massa, com a mão mesmo.

Forre os fundos e a lateral de uma forma com aro removível com essa massa.

Bata no liquidificador todos os ingredientes do recheio.

Despeje o recheio na forma por cima da massa e…Pronto!!!

Leve ao forno médio para assar por 15 a 20 minutos.

Deixe esfriar bem, coloque por algumas horas na geladeira e desenforme. Depois, é só cobrir com a geleia de sua preferencia.

 

É ou não é MUUUIIIITTTOOO fácil?!

 

IMG_5412

Uhhhmmmm… Fiquei com água na boca! Acho que vou fazer aqui em casa… 😉

IMG_5413

 

IMG_5417

 

E aí, gostaram? Quem vai fazer em casa?

Depois passa aqui pra me contar como ficou! Vou adorar saber!

 

Um fim de semana bem doce para todos!!!

  

 

Compartilhe também:

Pão de Queijo rápido e fácil

Essa receita é tão fácil, mas tão fácil que ninguém tem desculpa pra não fazer!!!

Perfeita para o café da manhã do fim de semana ou para o lanchinho da tarde!

Façam e depois me contem nos comentários o que vocês acharam! Com certeza esse pão de queijo caseiro vai fazer sucesso!

pão de queijoFoto da internet porque quando fiz a receita aqui em casa não deu nem tempo de fotografar…

 

Ingredientes:

3 ovos

1 xícara de óleo

1 xícara de leite

3 xícaras de polvilho doce

100 gramas de queijo parmesão ralado

manteiga para untar as forminhas

sal a gosto (se o queijo que você for usar já for muito salgado não precisa colocar. Como eu gosto salgadinho, coloco uma pitadinha!)

 

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Coloque a massa em forminhas individuais para empada untadas com manteiga. Não encha demais as forminhas, porque o pão de queijo cresce bastante!

Asse em forno médio por aproximadamente 30 minutos. Mas fique de olho para não queimar, dependendo do forno pode assar bem rápido!

Essa receita rende uns 16 pãezinhos.

 

E então, é ou não é muuuuiiittto fácil?!?!

 

Bom final de semana!!!

  

 

Compartilhe também:

Pudim de leite do Gula Gula

É unânime: um dos melhores pudins de leite do Rio de Janeiro, senão o melhor, é o do restaurante Gula Gula!

Realmente, a sobremesa super simples e caseira tem, no restaurante carioca, sua melhor versão. O pudim não fica doce demais nem de menos, a consistência cremosa é perfeita e a calda cor de âmbar deixa tudo mais bonito e brilhante!

pudim de leite Gula Gula

Vamos à receita! Facílima… Dá pra preparar hoje mesmo!

Ingredientes

Calda de Caramelo:

1 kg de açúcar

250ml de água

Creme:

2 latas de leite condensado

650ml de leite

6 ovos

 

Para fazer a calda, desmanche o açúcar completamente em fogo bem baixo. Acrescente a água fervendo (ela irá endurecer com o choque, mas logo vai ficar líquida novamente). Continue mexendo até obter o ponto de fio.

Para o creme, bata tudo no liquidificador por 2 minutos e pare para baixar a espuma que vai se formar. Bata por mais 3 minutos.

Unte 12 forminhas com 9cm de diâmetro (com um furo no meio) ou 1 forma grande com a calda caramelada, encha com o creme. Espere um pouco para a espuma baixar e complete novamente.

Coloque as formas ou a forma em um tabuleiro em banho-maria e leve para assar em forno baixo a 120°C por aproximadamente 1 hora e 30 minutos. Quando retirar as forminhas do forno o centro do creme deverá estar balançando levemente, como se não estivesse completamente cozido.

Não se preocupe! Quando esfriar a sobremesa estará no ponto!

 

Gostaram desse tipo de post com receitas fáceis para o dia-a-dia? Querem mais desse tipo?

Depois de fazer o pudim de leite, me conta como ficou! Vou adorar saber!

 

 

  

 

Compartilhe também: